terça-feira, 30 de maio de 2017

A mamã contadora de Histórias - Nonô e as birras


Hoje a história que vos conto é a de um livro para os mais pequeninos - dos zero aos quatro/cinco anos.
A Camila adora (talvez por se rever muito na personagem principal).
É uma história muito simples, curta e com imagens coloridas e engraçadas.
Faz parte de uma colecção muito gira onde a Nonô, a personagem principal, vai ultrapassando em cada livro algumas fases do crescimento - o bacio, o infantário, a chucha etc...
O livro é muito bom de se manusear pois o papel é "meio" plastificado, resistente e que pode ser utilizado mesmo para os mais pequenos brincarem sem correr o risco de rasgar!
A editora é a Booksmile e se têm bebés por casa, vale muito a pena conhecer.

segunda-feira, 29 de maio de 2017

Mudar de vida


Receber mais de uma centena de mensagens devido a um desabafo sobre o ridículo que é, num país como o nosso (onde a maioria da população nem 600€ líquidos recebe ao final do mês), não haver casas para arrendar nos subúrbios da capital por menos de 700€/800€ ...é surreal! MESMO!
Todas estas mensagens procuravam ajuda para mudar de vida e recomeçar do zero longe daqui, num lugar mais calmo, mais puro, mais verde.
Os incentivos para jovens famílias se fixarem em algumas localidades do país existem mesmo, apesar de não haver quase nenhuma informação sobre eles na internet.
Tentarei recolher o maior numero de informações possíveis sobre este tema e partilharei todas elas convosco, sem excepção.
A vida pode mesmo guardar muitas surpresas, e quem sabe se uma mudança radical não estará guardada para nós ;) 

sexta-feira, 26 de maio de 2017

Montessori - actividade de vida prática - transferência de água de um recipiente para outro com uma esponja


Eu gosto muito da pedagogia Montessori.
Como todas as pedagogia acredito que têm algumas lacunas, como por exemplo a falta de projectos artísticos nos 1ºs anos da criança, mas não há duvida de que a grande maioria das actividades foi muito bem pensada para que de uma forma muito simples se consiga estimular a criança.
As actividades de vida prática são das minhas favoritas.
As actividades de Vida Prática trabalham exactamente com isso: os assuntos práticos da vida.
Estes pontos práticos são cuidadosamente planeados – assim como em todas as áreas do currículo montessoriano – incluindo o isolamento de conceitos e passos sequenciais e crescentes que levam a criança a ter a experiência de todo o processo com sucesso. Quando escolhe repetir uma actividade, a criança familiariza-se com os procedimentos e ganha destreza e compreensão da sequência que a leva a crescer como ser humano completo. Os assuntos da vida prática incluem movimentação cuidadosa e graciosa no espaço onde a criança se encontra, cuidar de si mesma e de seu ambiente e comportar-se de forma gentil e educada com outras crianças e com adultos.

Parecem demasiado simples para estarem a "trabalhar" alguma coisa na criança não é? Mas acredite que trabalha imenso! 
No video por exemplo a Camila está a trabalhar a motricidade, o raciocínio lógico, a treinar a precisão que é necessária para conseguir passar toda a água de um recipiente para o outro usando a esponja enquanto se diverte imenso! ... tudo isto em 5 minutos.
Estas actividades podem e devem ser repetidas várias vezes, tantas quanto a criança quiser.

terça-feira, 23 de maio de 2017

Brincar e trabalhar com o Photoshop





Cheira-me que o Martim vai ser designer, ilustrador ou algo do género.
Tinha um trabalho de português para fazer. Escreveu uma história inspirada no livro "Estranhões e bizarrocos" e depois fez os desenhos numa folha de papel.
-"mãe, ensinas-me a trabalhar com o photoshop?"
- Claro,mas olha que não é assim tão fácil como parece - disse eu a pensar que o miúdo não ia conseguir aprender tão rápido como o necessário para terminar o trabalho a tempo de levar para a escola no dia seguinte.
Digitalizamos os desenhos, e a verdade é que em três tempos o rapaz fez as ilustrações que podem ver em cima! SOZINHO...
Foi ao google, pesquisou as imagens que queria para o fundo, pintou os bonecos, recortou e colou, digam lá que não têm jeitinho?!
É que ele têm apenas 10 aninhos acabadinhos de fazer.
O trabalho fez o maior sucesso na escola.
Orgulho no meu baby <3
Na verdade o photoshop têm funções básicas que podemos facilmente usar para brincar com os miúdos. Como por exemplo desenhar em cima da cara da mãe, meter bigodes à irmã ou tutus de bailarina ao pai :)



segunda-feira, 22 de maio de 2017

Sugestões para trabalhar a leitura e a escrita de forma divertida



Há alguns dias recebi uma mensagem de uma mãe a pedir ideias para ajudar o filhote que estava com alguns problemas na aprendizagem, especialmente na leitura e na escrita.
Como sempre, partilho as mensagens que me chegam na minha página do facebook e peço aos outros pais e mães criativos que me seguem, para opinarem e partilharem as suas dicas também.
Na verdade chegaram imensas ideias giras e que eu considero muito interessantes a nível pedagógico. Acredito que muitos destas ideias poderão ajudar as crianças que estão no inicio do primeiro ciclo (todas e não só as que tenham problemas) e então resolvi compilar algumas das dicas de que mais gostei e que de certeza vão dar uma grande ajuda ai por casa!

- Para a leitura escolha livros divertidos e que vão ao encontro dos interesses da criança - se gosta de dinossauros o livro não vai ser de princesas pois não?! 
Inicie com livros com poucas frases (livros para crianças mais pequenas são perfeitos para uma primeira abordagem) e aos poucos vá escolhendo livros com cada vez mais texto.
 Leia um parágrafo alternado com a criança, ou seja uma vez o pai ou a mãe de seguida a criança. Sempre sem stress e na brincadeira. Podem fazer vozes diferentes, ruidos etc para animar a leitura e deixar o exercício ainda mais interessante para a criança.

- Quando estiverem no trânsito aproveito esse tempo para jogar ao jogo do STOP e com isso aumentar o vocabulário da criança. Uma versão alternativa do mesmo jogo  que uma seguidora mencionou,  foi usar as letras das matriculas dos carro que vão à frente e atrás para iniciar palavras ...além de estar a trabalhar a memória e o vocabulário é também divertido!

- Fazer actividades artísticas é sempre bom! outra seguidora partilha que faz imensos projectos com os filhotes, e que antes de cada actividade são eles que escrevem uma lista com o material todo necessário e vão confirmar o que têm e o que está em falta. Isto é muito importante porque além de estarem a exercitar a escrita começam a aprender a planear!

- Quando os ajudamos a fazer os trabalhos de casa, devemos fazer-nos de "burras/os" e dizer : " já não me lembro bem disto, como é que a tua professora ensinou?" - isto vai levar a criança a pensar sobre como a professora lhe ensinou determinada matéria e a tentar encontrar a maneira correcta de lhe explicar como se faz.

A nível de jogos, caso tenha dificuldades a matemática, em fazer contas de somar e subtrair, por exemplo, pode arranjar um baralho de cartas, tiramos todas as figuras e ficamos só com os números. Depois fica metade das cartas para o adulto e outra metade para a criança. Cada um joga uma carta à vez e vão fazendo as contas. Ora soma-se oura subtrai-se.

- Encontrei a imagem que coloquei no post na internet, e adorei este jogo que me parece também bastante apropriado.
Basta comprar um pacote de molas para a roupa de madeira, e em cada uma delas escrever uma letra. Faça uns cartõezinhos com imagens simples, como carro, casa, maçã, pato, cão etc... se não se sentir confortável a desenhar faça com recortes de revista ou imprima imagens da internet. Em baixo de cada imagem escreva a palavra correspondente. A ideia é que depois a criança, utilizando as molas com as letras consigam reproduzir a mesma palavra.
Ofereça ao seu filho dizendo que não é um jogo qualquer, foi feito por si especialmente para ele :)
Participe nas primeiras jogadas e depois deixe a criança explorar a construção das palavras sozinha!

-

domingo, 21 de maio de 2017

O meu primeiro livro - O sonho de Cristiano


Escrevi esta história para trabalhar com as crianças com quem a estagiar no colégio do Bom Sucesso. O grupo era na sua grande maioria rapazes e eram loucos pelo Cristiano Ronaldo.
Foi numa altura em que o Cristiano aparecia muito nas revistas cor-de-rosa com várias supostas namoradas, carrões e casas milionárias. As crianças apesar de pequenas falavam disso..
-"Quando for grande quero ter muitas namoradas como o Cristiano!"
-"E eu vou ter o carro bomba igual a ele"
Falavam muito do seu sucesso e das coisas que este podia comprar mas percebi que não sabiam do longo caminho que teve que percorrer para chegar a ele.
Achei que precisava de lhes mostrar que o sucesso têm que ser trabalhado, conquistado passo a passo.
Quando levei a histórias eles adoraram, e pediam todos os dias para a contar.
Não imaginava que se tornaria num livro, mas lá está...eu acreditei que era possível e contactei uma editora (a que me soava mais familiar - a Oficina do Livro) e no mesmo dia tive uma resposta afirmativa!
Esta é uma história que mostra que o sonho deve comandar a vida, mas que sonhar só não basta!
Temos que fazer acontecer e se acreditar-mos em nós, ninguém nos pára!




terça-feira, 16 de maio de 2017

Dicas para tornar a procura de creche e JI mais eficaz!



Tenho recebido dezenas de mensagens na minha página do facebook a pedir conselhos e dicas sobre como escolher uma creche/ Jardim de Infância para os filhotes.
Eu vou tentar dar neste post algumas dicas e sinais a ter em consideração não só como educadora, mas acima de tudo como mãe!

- Convém ser uma creche que não obrigue os pais a fazer kms de distância ou sair do vosso percurso já por norma tão cansativo. Uma creche perto de casa ou ao lado do seu trabalho vai poupar-lhe tempo e isso traduz-se logo em qualidade de vida! Mais minutos de manhã para conseguir tirar o pijama do corpo do seu filhote, ou se demorarem um bocadinho mais num pequeno almoço em família!

- Façam uma pesquisa das várias opções que têm e vão visitar TODAS!

- Não marquem visitas, apareçam de surpresa e peçam para visitar. Isto digo como mãe e não como educadora. Quando se marca, mesmo sem querer, existe sempre a tentação de se arrumar um bocadinho melhor a sala, falar mais baixinho com os miúdos, sorrir mais ou preparar uma actividade super fixe que por acaso calha mesmo à hora da visita :P
Se for surpresa não há tempo para improvisos e tudo o que irá ver é o real dia a dia daquela escola.

- Uma coisa muito importante e que muitos pais não fazem é ler o regulamento interno. Eu sei que por vezes é longo e chato de ler, mas têm informações preciosas para os pais. Como proibições, restrições e obrigações, dias de fecho no colégio, dias festivos, conduta  etc..

- Tenha atenção ao trabalhos expostos. Se forem todos iguais ou bonitinhos de mais é porque as crianças não se estão a expressar livremente.

- Apesar de hoje em dia, no nosso país as creches e JI´s estarem decoradas com uma explosão de cor, eu escolheria (e escolhi) uma escola em que as salas onde as crianças ficam muitas horas estejam decoradas com cores neutras e naturais. Está mais que provado que ambientes carregados com muita cor provocam excesso de estimulo nas crianças, deixando-as muito cansadas, distraídas e com menos disposição para aprender. (imaginem estar 8 horas fechados numa sala com as paredes pintadas de laranja, com chão azul, cadeiras encarnadas e mesas verdes...quem aguenta?!). Um ambiente tranquilo é sempre a melhor opção.

- Na creche é essencial perceber como é que as educadoras e auxiliares (na maioria das creches não são educadoras que estão com os bebés) estimulam os bebés, perceber se os bebés ficam muito tempo deitados nos berços sozinhos, se fazem actividades apesar da sua tenra idade etc...

- Conversem com as educadoras. Façam perguntas! onde tirou o curso, o que gosta mais e menos na sua profissão, quais os seus princípios orientadores, como são as rotinas da sala... é importante que sinta empatia com a pessoa com quem vai deixar o seu filho o dia todo.

- Eu como profissional não gosto de ver imagens das revistas para educadoras pelas paredes. Quando estava a visitar JI's para o Martim a coisa que mais me irritava era entrar em várias escolas e deparar-me com quadros e posters iguais em muitas delas. Retirados das revistas para educadores de infância directamente para a parede. Para mim estas revistas devem servir para oferecer ideias, que depois cada profissional interpreta e faz à sua maneira com materiais à sua escolha. Os trabalhos que estão expostos dizem muito sobre os profissionais de cada escola. Tenham em atenção aquilo que querem que seja ensinado/estimulado nos vossos filhos.

- O ideal é conseguirem conversar com outros pais e pedir-lhes os prós e contra aquela escola.

- Se tiver que fazer um grande esforço financeiro para colocar a sua criança numa determinada escola, eu pensaria duas vezes e optaria por uma IPSS ou mesmo escola privada. Se vamos andar ansiosos e stressados com o orçamento familiar é meio caminho andado para o ambiente em casa não ser harmonioso e feliz e isso é o principal para o bem estar da criança!

- Eu gosto de creches e JI grandes pequenos e familiares, mas também consigo perceber que muitas vezes é mais seguro colocar a criança em escolas maiores onde existem sempre mais funcionários. Na primeira opção, os funcionários tendem a encobrir-se mais uns aos outros mesmo quando fazem algo de errado, enquanto nas escolas grandes é mais difícil esconder algo. (fiz-me perceber).

- Também é muito importante perceber o tipo e a qualidade de alimentação que estas escolas oferecem ás crianças. Peça para visitar a cozinha, veja as ementas etc...

Estas são algumas dicas básicas que eu acho importantes na altura de procurar uma creche/JI para os nossos filhos. Mas a regra principal é ouvir o seu coração e seguir a sua intuição.
Se parece tudo perfeito, mas mesmo assim alguma coisa lhe diz que não é o sitio certo para o seu filho então é porque não é! Confie em si e nos seus instintos.



quinta-feira, 4 de maio de 2017

Sumos e águas para ajudar a perder peso



É oficial, estou um batoque!!
Os kg a mais estão instalados em mim há mais de 10 anos quando fiquei grávida do Martim.
Obviamente que já fiz outras tentativas de emagrecer, mas a maternidade deixava-me (e deixa) tão feliz e completa que não ligava muito e desvalorizei o meu excesso de peso.
Acabei por não perder os kg todos que ganhei na gravidez como ainda fui ganhando mais, resultado de uma alimentação completamente desregrada e muito doce.
Nunca me privei de comer, por exemplo, dois mil folhas seguidos, ou beber uma canequinha de leite com muito chocolate e um pacotinho de bolachas de manteiga já na cama a ver tv...óbvio que o resultado não podia ser famosos não é?!
Passados 6 anos voltei a engravidar e com a Camila vieram mais uns quantos kg a mais. Passados dois anos e meio chegou o Tomás que ainda conseguiu acrescentar mais uns quantos kilinhos principalmente na minha pança.
Esta semana decidi dar o grito do Ipiranga e começar a cuidar de mim, porque já diz o velhinho ditado que "se eu não gostar de mim, quem gostará?!".
Não vou passar a comer só uma folha de alface, não! Vou reduzir os hidratos de carbono e tentar comer mais coisas saudáveis. Não vou perder 10 kgs num mês, mas perderei o que o meu corpo conseguir sem passar fome nem fazer loucuras, porque isso já tentei e só aguento 1 dia até voltar a atacar um pão de Mafra!
Entretanto comecei a beber uns sumos dentox para ajudar a limpar o organismo.

As receitas que eu uso:

Sumo verde com espinafres
Ingredientes:
1 cenoura
1 maçã
½ limão
100 gr de melancia
8 folhas de espinafres
2 cm de gengibre
1 colher de chá de camu camu
150ml de água
Num liquidificador coloque a cenoura e a maçã (sem caroços) com casca, bem lavadas e cortadas em bocados, o limão descascado, sem pele branca e caroços, a melancia já sem caroços, os espinafres lavados, o camu camu e o gengibre descascado. Acrescente a água e triture tudo até ficar um sumo macio e homogéneo.
Sumo vermelho
Ingredientes:
1 laranja
5 morangos
6 framboesas
½ beterraba crua
Pimento vermelho q.b.
10 bagas gojis
1 colher de sopa de flocos de aveia
150ml de água
Num liquidificador coloque alaranja descascada e sem caroços, a beterraba descascada, o pimento cortado em bocados, os morangos arranjados e bem lavados, as framboesas lavadas, os gojis e a aveia. Acrescente a água e triture tudo até ficar um sumo macio e homogéneo.
Sumo verde com alface
Ingredientes:
1 maçã
1 pera
½ pepino
 ½ talo de aipo
2 folhas de alface
Salsa q.b.
1 colher de café de spirulina
150 ml de água
Num liquidificador coloque a maçã e a pera com casca, bem lavadas e sem caroços, cortadas em bocados, o pepino (sem casca) e o aipo lavados e cortados, a alface e a salsa lavadas e, por fim, a spirulina. Acrescente a água e triture tudo até ficar um sumo macio e homogéneo.

Sumo amarelo
Ingredientes:
½ banana grande
½ maçã
1 laranja
1 kiwi
2 folhas de alface
1 colher de sobremesa com sementes de girassol
150 ml de água
Num liquidificador, coloque a banana descascada e cortada em bocados, a maçã bem lavada e cortada em bocados com casca e sem caroços, a laranja descascada sem caroços, o kiwi descascado, a alface lavada e as sementes de girassol. Acrescente a água e triture tudo até obter um sumo homogéneo.
Sumo tropical
Ingredientes:
1 laranja
½ limão
100 g de abacaxi
5 morangos
½ pepino
2 cm de gengibre
150 ml de água
Num liquidificador, coloque a laranja descascada, sem caroços e cortada em bocados, o limão descascado e sem pele branca, o abacaxi descascado e cortado, os morangos lavados e arranjados, o pepino descascado e cortado aos bocados e o gengibre descascado. Acrescente a água e triture tudo até ficar um sumo homogéneo.

Água aromatizada para ajudar na perda de peso
Ingredientes: 
1,5 l de água alcalina (pH >9) ou água da torneira filtrada 3 rodelas de kiwi 3 morangos (cortar os morangos em quatro) 2 Estrelas de anis 1 colher de sobremesa de chá verde 2 malaguetas secas (cortar a meio) 1 colher de sobremesa de gengibre fresco ralado 1 colher de chá de alga agar-agar em pó (se tem problemas de tiróide fale com o seu medico/nutricionista antes de consumir agar-agar)   Coloque todos os ingredientes num jarro e junte a água. Deixe repousar durante a noite e, de manhã, coe. Beba ao longo do dia.

O bebé é finalista

O meu filho Martim é finalista. Ontem teve o jantar e baile de finalistas da escola do 1º ciclo. Enquanto olhava para ele a vestir-...